Os segredos das indianas para ter um cabelo longo

6 minutos para ler

As indianas têm fama no mundo todo por causa dos seus longos e grossos fios. E essa popularidade não é à toa: até recorde mundial os cabelos indianos têm! Há anos, as mulheres na Índia usam técnicas e ingredientes naturais para manterem os fios sedosos e o crescimento saudável. Continue esta leitura para descobrir os segredos das indianas para um cabelo longo, saudável e livre de quedas!

Recorde mundial: adolescente com o cabelo mais longo do mundo

Ok, sabemos que você quer ir logo para as dicas, mas para reforçar o quanto os cuidados capilares das indianas são eficazes para o crescimento do cabelo, trouxemos um recorde mundial, autenticado pelo Guinness Book, o livro dos recordes mundiais.

O título de adolescente com o cabelo mais longo do mundo é de uma indiana, Nilanshi Patel, de 18 anos, que ganhou esse título por 3 anos seguidos.

Em 2018, quando ela ganhou pela primeira vez, o cabelo dela tinha 1,70 metros. Já em 2019 o comprimento alcançou 1,90 metros, e em 2020 o tamanho ultrapassou 2 metros de altura.

A indiana conta que não corta o cabelo há mais de 10 anos, porque teve uma experiência muito desagradável com um corte em um salão de beleza. Ela, desde então, cuida e fortalece o comprimento dos fios, e agora tem um objetivo que é quebrar os recordes de comprimento capilar entre os adultos.

Dicas capilares das influencers indianas

1- O poder dos óleos capilares

Apesar de ser uma rotina das indianas, diversas pessoas ao redor do mundo já descobriram o poder dos óleos naturais nos cabelos.

Muito mais do que temperos de cozinha, o óleo de coco e o óleo de feno grego possuem propriedades ricas que ajudam no fortalecimento e consequentemente no crescimento do cabelo. Isso sem mencionar que previnem os fios brancos, a queda capilar, as caspas e ainda têm diversos outros benefícios.

O óleo de feno grego possui flavonoides hormonais e pode ser consumido por via oral (manipulado) ou até mesmo aplicado diretamente no couro cabeludo.

Já o óleo de coco funciona como um condicionador natural, e acaba sendo uma “complementação” dos benefícios do feno grego.

As indianas apostam muito na umectação, que é uma técnica (popular no mundo, porém criada pelas indianas) que consiste em aplicar óleos vegetais no couro cabeludo e no comprimento do fio. A intenção é aplicar os óleos, ricos em vitaminas, e deixá-los “descansando” no cabelo por algumas horas, ou até mesmo a noite toda, durante o sono. Esse hábito nutre, promove o brilho e contribui com a eliminação do frizz no cabelo.

2- A forma e o tempo de lavagem podem influenciar

Cada tipo de cabelo necessita de um período de lavagem.

Cabelos mais cacheados e crespos tendem a ser mais secos, e não necessitam de tantas lavagens por semana. Já os fios mais lisos e ondulados, ficam oleosos mais facilmente e muitas pessoas optam por lavá-los todos os dias, ou alternando os dias. O clima influencia muito também, em dias quentes, essa frequência tende a aumentar.

Porém, as indianas costumam lavar o cabelo cerca de 2 vezes na semana. Elas entendem que esse é o período necessário para limpar o couro cabeludo e deixar o comprimento nutrido, sem ressecamentos.

Mas calma! Antes de adotar essa rotina, vale a pena conversar com um dermatologista, ou cabeleireiro. Aqui no Brasil, temos um clima mais quente e uma infinidade de tipos e texturas de cabelos em nossas raízes. Talvez seja preciso adaptar essa dica das indianas de acordo com o seu tipo de cabelo e o local em que você mora.

3- Massagem, massagem e mais massagem, para estimular o couro cabeludo

Lavar e hidratar o cabelo é o básico dos cuidados diários que você deve ter, mas você pode ir além nesses pequenos rituais.

O couro cabeludo precisa ser estimulado, para que o fio seja “incentivado” a desenvolver e crescer mais. Por isso, durante as hidratações e umectações, tire um tempo para massagear o couro cabeludo, isso irá ativar a circulação sanguínea e contribuir com o crescimento.

Antes de dormir, separe alguns minutos para massagear novamente o couro cabeludo. Jogue os fios para a frente e com as pontas dos dedos faça movimentos circulares na cabeça.

As indianas acreditam também que esse estímulo de crescimento pode ser feito ao pentear o cabelo. Elas tiram cerca de 15 a 20 minutos por dia, para literalmente pentear os fios. A intenção é estimular a produção da oleosidade natural, que é benéfica para a saúde, o brilho e a sedosidade do cabelo.

Mas claro, não se descuide das lavagens, nada de ficar mais de 1 semana sem lavar o cabelo, ok? A oleosidade em excesso pode trazer o efeito contrário ao que você deseja.

4- Nem tudo começa nos fios, a alimentação conta e muito!

Muito além das cores, dos temperos e dos perfumes, a culinária indiana é farta em alimentos ricos em vitaminas, e eles são as apostas das indianas, quando o assunto é nutrição e fortalecimento capilar.

Pratos que contêm ovos, peixes, cenoura, abóbora, e até mesmo frutas como manga, morango e mamão, que são encontradas no país (e aqui no Brasil), fornecem aos fios (e ao corpo como um todo) diversos tipos de vitaminas.

Os tipos A e C são o foco quando o assunto é crescimento capilar. Isso porque são vitaminas que compõem a fibra do cabelo, e ao consumi-las, você estará fortalecendo o cabelo de dentro para fora.Agora que você já conhece as dicas das próprias indianas para ter um cabelo longo e saudável, conheça uma linha de cosméticos naturais indianos, que vão deixar os seus fios nutridos, perfumados e com brilho intenso. É só clicar aqui, para conferir os que temos disponíveis na loja virtual da Casa da Índia!

Você também pode gostar

2 comentários em “Os segredos das indianas para ter um cabelo longo

Deixe um comentário