Cosméticos naturais: os benefícios de cada matéria-prima

5 minutos para ler

É muito comum vermos diversas marcas falando sobre os benefícios dos cosméticos naturais de forma geral, o que acaba gerando muitas dúvidas nos consumidores quando se pensa sobre as matérias-primas em si.

Cada substância é única, cada ativo tem um objetivo!

E é justamente pensando em esclarecer essas dúvidas que trouxemos um pouquinho dos ativos que mais usamos em nossos cosméticos naturais aqui na Casa da Índia.

O que faz um cosmético ser considerado natural

Sei que você quer entender mais sobre cada substância, mas antes é preciso te mostrar o que exatamente faz um cosmético ser considerado natural.

Para as marcas venderem seus produtos com esse selo, é preciso que eles atendam alguns critérios feitos pela IBD e pelo Ecocert, que são as certificadoras de cosméticos aqui do Brasil.

Um cosmético natural recebe esse título quando 95% de seus componentes são de origem natural, sem intervenção de produtos sintéticos, como: silicones, corantes, derivados de petróleo, parabenos, os ftalatos, metais pesados, triclosan, fragrâncias sintéticas, formol, toluenos etc.

Claro que, muitos desses produtos, podem ter componentes de origem animal também, sem que ele perca o selo de cosmético natural. Porém, aqueles que são feitos exclusivamente com matérias-primas de origem vegetal, recebem também o selo de vegano pelas certificadoras.

Por que escolher cosméticos naturais

Se você se preocupa com a saúde do seu corpo a longo prazo, a resposta para essa pergunta é bem clara.

Aparentemente, produtos que possuem componentes sintéticos não causam malefícios ao corpo. Até mesmo por isso que o uso desses ativos são liberados pela Anvisa. A questão é o que eles causam ao longo do tempo.

Comum em géis, shampoos, cremes e maquiagens, os cosméticos que contêm matérias-primas sintéticas podem causar:

  • reações alérgicas
  • irritações cutâneas
  • desregulação do ciclo menstrual
  • irregularidades no sistema de defesa do corpo humano
  • em casos mais graves, podem causar câncer de pele

Esses são apenas alguns malefícios que eles podem causar no organismo, mas não podemos deixar de mencionar que muitos desses produtos são testados em animais, e que, após o uso, seus componentes se tornam nocivos ao meio ambiente quando são descartados.

Matérias-prima naturais e seus benefícios

As matérias-primas que usamos em nossos cosméticos são naturais e todas vindas da Índia. Cada uma tem uma função específica dentro dos produtos que elas compõem.

Amla

A Amla é uma árvore indiana que tem frutos com diversos benefícios para o cabelo e para o couro cabeludo. Ela possui propriedades antibacterianas e antifúngicas. Isso sem contar que é rica em vitamina C e sais minerais, o que dá força e sela os fios do cabelo, evita a queda capilar e o surgimento de cabelos brancos antes da hora. É possível encontrá-la pura, que para usar basta misturar em água morna e aplicar massageando os fios, ou em shampoos que você usa normalmente.

Cassia Obovata

Muito conhecida como “Henna Neutra”, a Cassia Obovata é uma leguminosa que traz benefícios para o cabelo, e ainda mais para o couro cabeludo. Ela possui propriedades antibacterianas e antifúngicas, o que promove a força e sela os fios capilares, além de hidratar e dar brilho. Para quem possui os fios loiros, ela ainda realça a cor! Você a encontra em forma de pó, onde basta misturar uma quantidade de água morna até obter uma pasta cremosa e usá-la nos fios limpos.

Henna

Sem sombra de dúvidas, a Henna é um dos cosméticos naturais mais queridos pelas ruivas. Trata-se de uma planta, a Lawsonia inermis linné, cujo pó das folhas possui propriedades corantes capazes de tingir os fios de um tom acobreado. Além de trazer força e brilho. Você a encontra na sua versão pura em pó, onde basta acrescentar água morna e usar a mistura nos fios limpos; e também encontra a versão feita com partes ainda mais pigmentantes da planta, para uso em artes corporais; e a versão composta em pó com Amla e Shikakai, que promove o pigmento dos fios capilares ao mesmo tempo em que hidrata e traz força.

Índigo

Na mesma pegada que a Henna, o Índigo vem de uma planta, cujas folhas também são capazes de tingir naturalmente o cabelo, ao mesmo tempo que hidrata e traz brilho. A diferença, é que a cor final obtida é uma tonalidade mais escura, muita das vezes azulada. Você encontra a versão em pó, com um pouco de Henna para ajudar na fixação, onde basta acrescentar água morna e aplicar a pasta resultante no cabelo e deixar agir por em média 20 minutos.

Shikakai

Acacia Concinna, ou simplesmente Shikakai, é conhecido como a fruta para cabelo. É uma planta que tem um uso bem comum na índia, justamente nos fios das indianas. Os frutos dessa árvore são secos e transformados em pó, e quando misturados a um pouco de água morna e aplicados nos cabelos, são capazes de limpar, nutrir e fortalecer os fios. Você encontra em sua versão em pó, ou adicionados em shampoos.

O que achou de conhecer um pouco mais sobre as matérias-primas dos cosméticos naturais que temos aqui na Casa da Índia? Clique aqui para conhecer melhor os nossos produtos e todos os benefícios! Te garanto que você irá se encantar com tantas vantagens.

Você também pode gostar

Deixe um comentário