Cannot GET /api/stage
'; rockAnalyticsScript_V2.setAttributeNode(website); var host = document.createAttribute('data-host-url'); host.value = 'https://apidev.analytics.rockcontent.com'; rockAnalyticsScript_V2.setAttributeNode(host); document.body.appendChild(rockAnalyticsScript_V2); } });

Diwali: o festival das luzes na Índia

4 minutos para ler

Uma vez ao ano, o povo hindu celebra o Diwali, uma festa religiosa que simboliza a destruição das forças do mal. Os indianos, por 5 dias, estreiam roupas e joias novas, dividem doces e lançam fogos de artifício em celebração à destruição de Narakasura (um demônio asura mítico) por Sri Krishna.

Afinal, o que é o Diwali?

Entre outubro e novembro, as luzes de lâmpadas, fogos de artifício, fogueiras tomam conta das cidades indianas. O famoso festival das luzes, Diwali, é uma tradição do povo indiano que carrega a mensagem: “Venha, deixe-nos remover a escuridão da face da Terra”.

As famílias hindus se reúnem em casa, ou até mesmo nas ruas, e acendem lâmpadas feitas de argila com óleo, chamadas de diyas, feitas artesanalmente pelo próprio povo indiano, que também as comercializa.

Além de trazer um visual charmoso e bonito à cidade, o festival das luzes indiano representa a vitória da “luz” sobre as trevas, é o bem que vence o mal.

Com início no primeiro dia do calendário lunar, que para os hindus representa a noite mais escura do ano, devido à presença da lua nova, o Diwali é realizado ao longo de 5 dias extremamente alegres para os indianos e uma experiência única aos visitantes.

Como se comemora o festival das luzes na Índia

Durante os 5 dias de comemoração, alguns deuses são relembrados e exaltados pelos indianos, sempre seguindo o ciclo da lua.

Primeiro dia de Diwali

Chamado de Dhanteras, o primeiro dia se celebra a prosperidade, a riqueza. Os ritos são dedicados à deusa Lakshimi. Acredita-se que ela sai do oceano, portanto, é recebida com um ritual especial. Ainda nesse dia, os hindus costumam comprar ouro, joias, que simbolizam a riqueza.

Segundo dia de Diwali

O segundo dia é conhecido como Naraka Chaturdasi, ou Chhoti Diwali. É descrito como o dia em que a deusa Kali e o senhor Krishna destruíram o demônio Narakasura, o demônio que representa o mal. Na cidade de Goa é tradição a queima de efígies demoníacas em comemoração a essa vitória.

Terceiro dia de Diwali

O verdadeiro Diwali se inicia no dia 3, que é conhecido como Amavasya. A deusa Lakshmi e o deus Ganesh são adorados em uma noite repleta de luzes e fogos de artifício. Em algumas regiões, a deusa Kali também é adorada, mas há uma variação de acordo com o ciclo da lua.

Quarto dia de Diwali

Chamado de Padwa, o quarto dia do festival das luzes indiano possui vários significados or toda a Índia. No norte, é um dia dedicado à Krishna, em sua derrota ao deus do trovão e da chuva, Indra. Em Gujarat comemora-se como o início de um novo ano. Em Maharashtra, Karnataka e Tamil Nadu, se celebra a vitória do deus Vishnu sobre o demônio rei Bali. É um dia regado a bastante comida!

Quinto dia de Diwali

O quinto e último dia do Diwali é conhecido como Bhai Duj, e é dedicado à celebrar os irmãos. Diz a lenda que a deusa da morte, Yami, intercedeu por seu gêmeo, Yama, deus da morte, portanto é bastante comum que as irmãs façam orações por seus irmãos. Nesse dia os irmãos se reúnem e compartilham comida e honram o vínculo que possuem entre si.

Bateu uma vontade de visitar a Índia? Enquanto sua viagem não chega, que tal conhecer cada vez mais sobre essa cultura! Siga a Casa da Índia no Instagram para conferir nossos conteúdos e produtos indianos, é só clicar aqui para ir para o nosso perfil por lá.

Você também pode gostar

Deixe um comentário