[Estendido] O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A MEDICINA AYURVEDA

9 minutos para ler

A Medicina Ayurveda é uma tradição milenar indiana que propõe uma abordagem mais naturalista, por meio da ingestão de alimentos saudáveis e práticas que ajudam o corpo a ter mais equilíbrio.

Ao contrário da medicina ocidental, que se baseia na ingestão de substâncias químicas, a filosofia que vem da terra de Mahatma Gandhi tem uma abordagem mais sutil e extremamente eficaz.

Se você busca um estilo de vida mais saudável, talvez a Medicina Ayurveda seja ideal para o seu caso. Quer entender mais sobre o assunto? Então, continue a leitura!

O que é a Medicina Ayurveda?

A Medicina Ayurveda nasceu na Índia há cerca de 5 mil anos e se desenvolveu a partir da observação da natureza e do ser humano. Ela se baseia na busca de métodos naturais para reequilibrar o organismo, por meio do uso de ervas e óleos essenciais, de acordo com os doshas de cada pessoa.

Considerada a mãe de grande parte das medicinas conhecidas, a Ayurveda serviu como base para o desenvolvimento das medicinas chinesa e japonesa. No entanto, um aspecto que a diferencia é que o seu foco não é simplesmente tratar a doença, mas sim oferecer mais saúde inserindo determinadas práticas no cotidiano das pessoas.

De acordo com a Ayurveda, o desequilíbrio energético provoca doenças dos mais diversos tipos. Entre os fatores que afetam o equilíbrio natural, estão problemas genéticos, lesões, mudanças climáticas e emoções.

A Medicina Ayurveda trabalha com terapias bioenergéticas, que utilizam diversas técnicas para renovar a energia vital das pessoas e restabelecer o equilíbrio. Para isso, ela parte do conceito de doshas, que caracterizam cada indivíduo dentro de três grupos. Veremos sobre eles mais à frente.

Qual filosofia fundamenta essa prática?

Para os praticantes da Medicina Ayurveda, tudo no universo está conectado. Eles pregam cinco condutas básicas que devem nortear o comportamento, para uma existência mais harmoniosa com o todo:

  1. não matar qualquer tipo de vida animal;
  2. não roubar;
  3. não ter uma conduta sexual imprópria;
  4. não mentir;
  5. não ingerir bebidas alcoólicas.

Porém, a técnica milenar não deve ser uma substituta para a medicina convencional, mas sim um complemento para o tratamento. A Ayurveda pode ser aliada no tratamento de muitas doenças, como é o caso do câncer. Isso porque ela trabalha com diversas vertentes, sempre considerando a necessidade de cada paciente.

De acordo com a filosofia ayurvédica, para atingir o equilíbrio da saúde do corpo e da mente, é preciso:

  • ter uma alimentação adequada;
  • utilizar fitoterápicos;
  • fazer exercícios físicos (como a yoga);
  • manter o sono regulado;
  • aliar as práticas anteriores a outras atividades que beneficiam o organismo (como as massagens).

O que são doshas?

Segundo a abordagem Ayurveda, tudo é formado pelos cinco elementos presentes no universo: terra, ar, fogo, água e espaço. Estes também fazem parte da constituição biológica dos indivíduos e têm influência sobre algumas características, como: digestão lenta, dores nas articulações, sono pesado, sensação de incômodo no verão ou no inverno etc.

A combinação dos elementos citados gera três doshas: Vata, Pitta e Kapha.

Vata

Resultado da combinação de espaço e ar, esse dosha controla o movimento e é responsável pelos processos corporais básicos, como respiração e circulação sanguínea.

Pessoas com predominância desses elementos costumam ser magras, longilíneas e friorentas, além de apresentarem características como entusiasmo, agilidade e boa comunicação.

Pitta

Combinação de fogo e água, esse dosha controla os sistemas hormonais e digestivos. Sede e fome excessivas, metabolismo acelerado e estatura mediana são as características mais relevantes das pessoas que têm Pitta como dosha principal. Sua personalidade costuma ser ativa, crítica e impetuosa.

Kapha

Esse dosha, fruto da combinação de terra e água, é responsável pela força e pelo aumento da imunidade. Pessoas que têm Kapha como seu principal dosha geralmente são calmas e desenvolvem obesidade, diabetes e problemas de vesícula. Esses indivíduos também são mais estáveis, pacientes e lentos.

Quais são as técnicas dessa abordagem?

A Medicina Ayurveda reúne uma série de tratamentos que buscam o equilíbrio corporal. Aqui, destacamos os principais.

Massagens

Realizadas em ambiente calmo e acolhedor, as massagens são feitas com as mãos, cotovelos e pés, e estimulam os chakras para uma desintoxicação do corpo, além de induzirem ao relaxamento.

Essa prática fortalece o sistema imunológico e atua não só no corpo físico, como também no energético e emocional. As massagens ainda são capazes de aumentar a circulação dos fluidos vitais e das trocas em nível celular, o que contribui para a remoção das toxinas do corpo como um todo.

Meditação

A meditação permite um contato com a própria essência, proporcionando o autoconhecimento e atitudes mais coerentes durante o dia a dia. O processo é muito pessoal e varia de acordo com o indivíduo, mas é primordial para o tratamento de doenças físicas e psicológicas, como o estresse e a depressão.

Além disso, a prática meditativa estimula a resiliência — capacidade que alguém tem de lidar com problemas, superar desafios ou resistir à pressão de situações difíceis e adversas.

Alimentação

Na Medicina Ayurveda, a alimentação está totalmente ligada aos doshas e à reação do organismo a cada tipo de comida. Por isso, existe a crença de que alguns tipos podem ser benéficos, e outros, prejudiciais.

Dentro dessa filosofia, são consideradas as características biopsicossociais e o temperamento dos pacientes para uma dieta equilibrada e saudável. Entenda melhor a ação de cada alimento no corpo:

  • salgado: limpa os poros e acelera a digestão;
  • amargo: ajuda a inteligência, a composição do leite materno e a garganta;
  • doce: fortalece os tecidos e ajuda na cicatrização;
  • picante: auxilia no tratamento de doenças de pele e diminui a retenção de líquidos;
  • adstringente: limpa o sangue e ajuda na cicatrização de feridas;
  • ácido ou azedo: estimula a digestão, aumenta o apetite e protege o coração.

Fitoterapia

Os princípios ativos das plantas medicinais são usados como tratamento de doenças, de acordo com a necessidade de cada paciente. Em geral, utiliza-se ervas e raízes para a produção de chás e xaropes, que atuam positivamente em casos de fraqueza e debilidades, tanto físicas quanto mentais.

A fitoterapia também é valiosa para tratar, entre outras condições:

  • estresse;
  • ansiedade;
  • insônia;
  • anemia;
  • irritações de pele;
  • perda de memória.

Outro fator benéfico é a capacidade de proteção da atividade imunológica das células, que podem reduzir os efeitos colaterais de uma série de patologias.

Quais são os benefícios da Medicina Ayurveda?

Essa medicina traz diversos ganhos para o corpo humano, à medida que trata males que acometem grande parte da população com o ritmo acelerado de vida que temos atualmente. Mas para ter acesso a todas as vantagens da Ayurveda, é fundamental aliar práticas que envolvem tanto o lado físico quanto emocional.

Confira, a seguir, alguns dos principais benefícios.

Diminui o estresse

A prática da Ayurveda ajuda a reduzir o estresse e a ansiedade, o que aumenta a qualidade de vida como um todo. Tanto que alguns médicos tradicionais têm recomendado essa vertente para seus pacientes.

No entanto, a filosofia procura mais as razões que levaram o indivíduo a criar o desequilíbrio, do que simplesmente os sinais comportamentais que as doenças causam.

Melhora o sono

Na Medicina Ayurveda, os distúrbios de sono podem indicar que algum dos cinco elementos que compõem o organismo estão em excesso ou falta. O indicado, portanto, é restabelecer o equilíbrio por meio do uso de chás calmantes e óleos essenciais, que promovem a indução do corpo a um sono mais tranquilo, profundo e restaurador.

Reduz inflamações

A má digestão e a retenção de líquidos são alguns dos principais fatores que provocam inflamações no organismo. Os tratamentos ayurvédicos eliminam essas retenções, levando a uma melhor condição geral dos processos inflamatórios.

Alimentos como beterraba, gengibre, açafrão e cereais são eficazes para a diminuição dos sintomas e para protegerem o organismo de outras doenças, como as cardiovasculares, crônicas e autoimunes.

Favorece a perda de peso

Embora a tradição ayurvédica não leve em consideração os padrões estéticos, a dieta natural e mais saudável colabora com a perda de peso, afetando toda a saúde de maneira positiva.

Assim, por meio da correta prescrição alimentar, é possível obter uma maior harmonização da saúde física, mental e emocional dos pacientes, uma vez que o corpo passa por um processo geral de desintoxicação.

Mantém a pele saudável

A aparência da pele está intimamente ligada ao estilo de vida e à qualidade dos alimentos que a pessoa consome. As práticas da Medicina Ayurveda, por pregarem a ingestão de comidas saudáveis e um estado maior de relaxamento, fazem com que a pele fique viçosa, tenha maior elasticidade e menos manchas.

Muitos desses problemas são causados, justamente, por uma alimentação inadequada e por desequilíbrios de algum dos cinco elementos presentes no organismo.

Une saúde física e mental

Somos compostos de tudo o que ingerimos, ou seja, alimentos, bebidas e medicamentos. Desse modo, tudo tem impacto direto sobre o corpo, o que abrange tanto a saúde física quanto a mental. A Ayurveda, portanto, leva em conta todos esses aspectos e como eles interferem no bem-estar e na qualidade de vida dos indivíduos.

A Medicina Ayurveda é um excelente e valioso método preventivo que carrega consigo uma filosofia de vida mais calma e centrada. Tudo isso pode ser um verdadeiro bálsamo para os problemas que enfrentamos nas nossas vidas, em diferentes âmbitos.

Se você tem interesse em saber mais sobre a cultura da Índia, assine a nossa newsletter e receba diretamente em seu e-mail as notificações de novas postagens!

Você também pode gostar

Deixe um comentário