Conheça a música e a história de Ravi Shankar

5 minutos para ler

Se você acompanha nossos conteúdos aqui no Blog, já conhece bem os ritmos da música indiana, certo?! Caso ainda não viu nosso artigo com esse tema, te convidamos a dar uma espiada no texto deste link aqui! Te fizemos viajar pela história cultural e musical da Índia, e hoje queremos contar um pouco da trajetória de um dos músicos indianos mais famosos aqui no Ocidente: Ravi Shankar! Boa leitura!

Quem foi Ravi Shankar?

O irmão mais novo de 7 filhos, Ravi Shankar nasceu em Varanasi, no estado indiano de Utar Pradesh, em 7 de abril de 1920. O pai de Shankar, Lakshinarayana era professor de violino e isso foi um impulsionamento para que ele começasse a tocar o instrumento por volta dos 5 anos de idade. Aos 15 anos deixou a Índia para viajar a Paris com a companhia de dança do irmão Uday.

Logo depois, em 1936, com a ajuda e supervisão do compositor e instrumentista Ustad Allauddin Khan, ele começou a estudar o Sitar, que é um instrumento tradicional indiano próximo a um alaúde. Pouco depois, o jovem Ravi Shankar começou a fazer excursões pela Europa e Estados Unidos.

O guru de George Harrison dos Beatles

George Harrison era o “beatle” mais novo dos 4 integrantes, e muitos o considerava o mais quieto de todos. Foi quando ouviu a música de Ravi Shankar, em 1965, que Harrison se atraiu pela música indiana clássica do norte da Índia. Nesse momento ele decidiu que queria conhecer Shankar e assim fez!

Quando tinha cerca de 12 ou 13 anos, estava pedalando minha bicicleta e ouvi ‘Heartbreak Hotel’ vindo da casa de alguém. O som foi muito significativo para mim: me tocou de uma certa maneira e me deu vontade de conhecê-lo e segui-lo. O mesmo aconteceu com a música indiana. Ela não fazia nenhum sentido para mim, mas em algum lugar aqui dentro fez um sentido absoluto. Mais sentido do que qualquer coisa que já tivesse ouvido antes.” – George Harrison.

O beatle conheceu Shankar em Londres, em 1966. Logo em seguida visitou a Índia por 6 semanas para estudar Sitar com o músico indiano. As crenças do jovem Harrison na filosofia oriental e o gosto pela música indiana aumentaram sensivelmente.

A música “Within You Without You“, criada por Harrison, surpreendeu os outros beatles e é uma profunda descrição dos seus estudos sobre filosofia na Índia.

Ravi Shankar participou de diversos projetos com George, como o Concerto para Bangladesh em 1971, a gravação do álbum “Shankar Family & Friends” em 1973, e a turnê norte-americana em 1974.

Powered by Rock Convert

A amizade dos dois foi tão intensa, que Shankar esteve presente até os últimos dias de vida de Harrison.

Como um dos últimos desejos do beatle, Ravi Shankar tocou sua tradicional música ao lado da cama de George, até o último suspiro do artista.

A fama no Ocidente

Ravi Shankar já tinha certa fama no ocidente, mas sua amizade com George Harrison sem sombra de dúvidas impulsionou a ascensão do músico indiano.

Em 1967, logo após conhecer Harrison, o músico indiano fez seu primeiro dueto, de vários outros, com o violinista Yehudi Menuhin. Em 1969 Shankar viajou para os Estados Unidos com a ideia de conhecer mais a música do Ocidente, ao mesmo tempo, acabou popularizando a música hindu no país.

À pedido da Orquestra Sinfônica de Londres, ele compôs um concerto que estreou no Royal Festival Hall. Um destaque de seus trabalhos foi a participação no festival de Monterrey em 1967 e 1969, ao lado de grandes artistas como Jimi Hendrix, Joe Cocker, Janis Joplin e outras lendas de Woodstock.

Shankar deu aulas nas universidades de Nova York e Los Angeles, foi diretor do Departamento de música Indiana no California Institute of the Arts, compôs trilhas sonoras em diversos filmes e foi nomeado para o Grammy Awards de 2013 com a música “The Living Room Sessions Parte 1”, na categoria “Melhor Álbum de música do Mundo”.

A atividade musical de Ravi Shankar foi intensa, e sua vida particular seguiu o mesmo ritmo. Ele morou no sul da Califórnia por anos, onde se casou 2 vezes e teve 3 filhos: Shubhendra Shankar, Norah Jones, e Anoushka Shankar.

O músico faleceu em 2012, em São Diego, aos 92 anos. Ele havia passado por complicações respiratórias e cardíacas, se submeteu a uma cirurgia e acabou não resistindo ao pós-operatório. O corpo de Shankar foi cremado e suas cinzas espalhadas em 3 locais: na Índia; no mar ao largo de São Diego; e nas colinas do Vale de São Fernando nos Estados Unidos.

Para você que gosta de conhecer sobre a cultura indiana, não deixe de acompanhar a Casa da Índia no Instagram! É só clicar aqui para nos seguir. Sempre postamos curiosidades, tradições e nossos produtos exclusivos.

Você também pode gostar

Um comentário em “Conheça a música e a história de Ravi Shankar

Deixe um comentário