Saiba onde praticar yoga ao ar livre e dicas para escolher o local

4 minutos para ler

Reconexão com a essência, redução da ansiedade e alinhamento postural. Além dessas vantagens, escolhendo corretamente o local onde praticar yoga pode trazer benefícios físicos e emocionais, principalmente se for ao ar livre.

A natureza torna o exercício ainda mais prazeroso, saudável e desafiador. Os diferentes sons forçam a mente a trabalhar a concentração. Os desníveis e texturas do terreno trabalham o equilíbrio e a absorção de vitamina D, ajudam na produção de cortisol e melhoram a autoestima. E a vista? É bem melhor que a da janela do quarto ou estúdio!

Vamos potencializar os efeitos do exercício com o poder da natureza? Então confira como escolher o melhor local com as dicas a seguir.

Procure locais arborizados

Mesmo realizando os exercícios pela manhã, a incidência dos raios UV na pele podem prejudicar a saúde no longo prazo. Ao optarmos por parques, devemos escolher aqueles com muitas árvores, para aproveitar a sombra e o frescor natural.

Sem contar que a paisagem e o ar ficam mais agradáveis, com clima bucólico, presença de pássaros e uma energia propícia para a reconexão com a essência. Ao optar pela prática na praia, é melhor procurar espaços com árvores ou pontos com sombra ao longo da orla.

Fique atento ao clima

Uma das desvantagens de fazer esportes ao ar livre é a impossibilidade de praticá-los em dias chuvosos ou de frio extremo. Porém, como os ganhos compensam esses imprevistos, vale a pena buscar por um espaço que permita continuar com a yoga mesmo com uma mudança repentina no tempo.

Muitas áreas contam com espaços cobertos que podem ser utilizados pelo público, sem que você perca os benefícios da vista. Nas estações ou dias mais frios, é interessante vestir agasalhos leves, confortáveis e com opção de capuz.

Evite ciclovias e alta circulação de pessoas

O intuito é relaxar e não voltar ainda mais nervoso para casa. Por isso, a melhor escolha são locais distantes das ciclovias e da agitação. O falatório e a movimentação excessivas prejudicam a concentração, dificultam a realização de posições mais complexas e tornam a atividade desconfortável.

Cuide da saúde durante os exercícios

Mencionamos os cuidados com o sol anteriormente, mas cabe aqui reforçar. Além do espaço à sombra, deve-se aplicar protetor solar e utilizar chapéus, lenços ou bonés que protejam a pele nos dias ensolarados. A hidratação do corpo também precisa estar em dia. Por isso, a garrafinha de água deve sempre estar por perto.

A escolha de um tapete adequado garante a proteção da coluna e evita lesões no contato da pele com o solo. Outro cuidado especial com a saúde: se houver epidemia de dengue ou doenças relacionadas ao mosquito Aedes Aegypti na região, é recomendado ficar mais distante das lagoas e poças com água parada, próximas à área verde.

Veja onde praticar yoga em BH

A cidade se tornou um modelo para a prática de yoga que deveria ser propagado por todo o país. A prefeitura da cidade, em parceria com a Fundação de Parques Municipais e a Associação Mineira de Yoga, disponibilizam aulas gratuitas da modalidade no parque Municipal, Lagoa do Nado, Rosinha Cadar e Mangabeiras.

As aulas são ministradas sempre aos domingos e no site da prefeitura você encontra horários atualizados. É possível fazer parte do grupo de alunos para interagir sobre o assunto e marcar encontros e reuniões a fim de praticar yoga em praças, piscinas públicas ou outros espaços em Belo Horizonte.

Escolher onde praticar yoga ao ar livre é simples. Basta optar por um local arborizado e tranquilo e se adequar ao que o meio ambiente tem a oferecer. No mais, restam alguns cuidados com a saúde e o preparo interior para reduzir a ansiedade, aprimorar corpo e mente e, quem sabe, fazer novos amigos.

Sabe aquele colega que gosta de meditação e contato com a natureza? Ele pode apreciar essas dicas. Por isso, compartilhe este texto nas redes sociais para que ele e muitas outras pessoas aproveitem este conteúdo!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-